Plantas, vistas, perspectivas, imagens e maquetes

Para apresentar um projeto ao cliente, o profissional de arquitetura pode se utilizar de vários recursos. No entanto, o projeto é essencial, pois, nele estão contidas as informações técnicas para execução. Os desenhos mais comuns apresentados em um projeto são a planta baixa (vista superior do ambiente) e as vistas.Imagem14Planta Baixa.

Imagem15 Vista 02.

Outro recurso utilizado para visualização do projeto é a perspectiva. Nele os ambientes podem ser compreendidos espacialmente, adicionando também cores e texturas dos materiais que serão utilizados. A perspectiva pode ser feita à mão ou em softwares, das mais simples às mais elaboradas.

Imagem9Perspectiva simples à mão livre (1 ponto de fuga).

A perspectiva feita a mão com auxílio de réguas é um trabalho minucioso e demorado, sendo que o ideal é a confecção em mesa especial de desenho, com régua paralela ou semelhante.

Imagem7Perspectiva em software (2 pontos de fuga).

A perspectiva  em software tal qual a perspectiva à mão, é muito demorada se comparada com tecnologias de renderização de imagens 3D. A perspectiva acima foi feita em cima de uma foto do ambiente, para facilitar a compreensão espacial do cliente. Abaixo a inserção da perpectiva na foto.

Imagem1Perspectiva a partir de foto.

A renderização de imagens é cada vez mais popular, pois, os softwares são cada vez mais acessíveis, rápidos e práticos de operar. Pode-se fazer imagens internas e externas.

Imagem5Imagem 3D – interna.

Imagem13Imagem 3D – externa.

Outra facilidade da confecção de maquete em software é que, após montado o ambiente ou maquete externa, o cliente pode alterar materiais mais livremente e o trabalho de modificação não é tão demorado como em maquetes e perspectivas sem software.

Por exemplo: mudar o ângulo de visão do ambiente ou maquete.

Imagem6Imagem 3D – vista superior do escritório.

Imagem4Imagem 3D – vista do escritório.

Podem ser trocados os materiais e texturas utilizadas.

Imagem10Imagem 3D – opção da fachada com madeira.

Imagem16Imagem 3D – mesma fachada com opção de pedra e inserção de gradil.

Os softwares também recebem atualização de renderização que deixam as imagens cada vez mais próximas da realidade.

Imagem12

Imagem 3D – sala.Imagem11Imagem 3D – da mesma sala apenas renderizada novamente com plugin diferente.

Dependendo do software, domínio do software pelo profissional e qualidade da disposição da luz nos ambientes, as imagens vão ficando cada vez mais realistas.

Imagem8Imagem 3D – sala e cozinha.

Abaixo a inserção de fotos da paisagem real do imóvel no ambiente projetado.

Imagem2Imagem 3D – sacada com paisagem real à partir de foto.

Imagem3Imagem 3D – sacada com paisagem real à partir de foto, pode-se ver também o interior projetado.

Então contrate um arquiteto! :)

Você pode saber como vai ficar seu imóvel antes mesmo de começar as obras.